Início > Espaço Aberto > Espaço Aberto: Entrevista com Clayton Honda

Espaço Aberto: Entrevista com Clayton Honda


 

 

Hoje no espaço aberto o nosso entrevistado  é o Clayton Honda, administrador do blog Louvores do Reino

Giro Universal:  Quem é o Clayton Honda?

Clayton Honda:

Sou um jovem de 29 anos, casado há 9 anos e minha esposa se chama Lilian. Moro no Japão, numa pequena cidade do interior chamada Sekigahara há quase 7 anos, onde também trabalho numa indústria da autopeças. Sou natural de São Paulo, onde cresci e vivi até mudar para o Japão. Converti-me ao Senhor Jesus em 1998 através da Igreja Universal e hoje estou como obreiro na IURD da cidade de Ogaki, na província de Gifu. No Brasil eu fazia a obra de Deus na IURD Parque Boa Esperança, zona leste da capital paulista.

GU: Como é fazer a obra de Deus no Japão?

CH:
A obra de Deus aqui tem muitos desafios que não existem no Brasil, assim como lá tem as suas guerras. No Japão existe o problema da distância, pois diferente do Brasil onde encontramos uma IURD em cada bairro, aqui o número de igrejas é bem menor (16 em todo o Japão). Muitos membros e obreiros chegam a fazer uma verdadeira viagem, seja de carro ou de trem, para irem à casa de Deus. Mas estamos trabalhando para isso mudar, pois em 2009, mesmo com a crise econômica afetando o Japão e os brasileiros que aqui vivem, a Igreja Universal inaugurou 3 novos templos.

 

Outra particularidade é a organização do trabalho aqui. Existem dois trabalhos distintos: um voltado para os estrangeiros em geral, chamados de dekasseguis (brasileiros, peruanos, bolivianos, filipinos, etc.) onde o pastor Valdir Souza é o responsável. E outro só para os japoneses, cujo líder é o bispo Celso Rebequi. É como se existissem duas IURDs no país, mas são duas em um só espírito: ganhar esta nação para Jesus, já que menos de 1% dos japoneses são cristãos. Ou seja, temos muito trabalho por aqui!

GU:
Você tem algumas experiências marcantes que nos queira contar?

 

CH:
Logo de cara me assustei com a diferença da dimensão das igrejas aqui. No Brasil, a IURD onde eu ia comportava 1000 pessoas e havia 150 obreiros (já era obreiro no Brasil). E eu me mudei na época para uma região que tinha umas das menores IURDs do Japão, a IURD Ogaki, com 20 cadeiras. Muito menor do que vários núcleos que eu auxiliava em São Paulo. Mas encarei como um desafio, e Deus tem honrado o nosso trabalho, tanto que um dos três templos inaugurados que citei na pergunta anterior nasceu de um núcleo de oração da minha IURD. As duas reuniões especiais realizadas pelo bispo Macedo e minha Consagração de Obreiro aqui no Japão também foram momentos especiais para mim.

 

GU:
Como surgiu a idéia de criar o blog Louvores do Reino?

 

CH:
Há alguns anos atrás, não havia sequer um tecladista na IURD em todo o Japão. Com a ajuda da internet, consegui algumas gravações com amigos lá do Brasil e eu as usava na IURD onde estou como obreiro. Depois, com o crescimento das redes sociais, serviços de compartilhamento e armazenamento online e a facilidade de se gravar músicas (o que antes gravado em fitas K7, agora no próprio teclado você grava em MP3), conhecer novos tecladistas e obter mais músicas foi ficando mais fácil. Quando começaram a chegar para mim os primeiros pedidos de gravações de outras IURDs tive a idéia de criar um blog onde pudesse compartilhar não só com amigos mas com todos que precisassem ou gostassem das gravações. Criei um blog no Windows Live Spaces chamado “Espaço do Clayton” mas que em pouco tempo acabou ficando pequeno para minhas pretensões de postar todo o conteúdo que tenho disponível em minha máquina. Como eu queria criar algo não muito pessoal (nada de Clayton no meio rsrs…), mas que fosse de todos, migrei então o blog para o WordPress e nesse momento me veio o nome do nosso hinário. Daí nasceu no dia 10 de maio de 2009 o “Louvores do Reino.  

GU:
Tem sido fácil conciliar as suas responsabilidades diárias com a vida de blogueiro?

 

CH:
Na verdade, tem sido um pouco difícil por muitos fatores: o trabalho intenso na fábrica; mesmo longe, vou a IURD no mínimo 4 vezes por semana; a dificuldade em blogar (um dia eu aprendo rsrs…) são os maiores. Mas tenho contado com a ajuda de dois tecladistas da IURD, os pastores André Etzberger e Dionatan Ertal, que sempre estão respondendo dúvidas com relação à música e a obra de Deus. Ainda sim, conto com a oração de todos para que este trabalho continue.

 

GU:
O que é que uma pessoa “não cristã” pode encontrar no seu blog? E que motivos levariam ela a recomendar a outros?

 

CH:
A música por si só tem o poder de falar tanto na mente como no coração das pessoas. E a maioria das pessoas que não são convertidas gostam de ouvir músicas que falam de fé, amor, esperança e sobretudo, de Deus (ainda que não admitam publicamente).Veja o caso da música “Faz Um Milagre Em Mim”que estourou no ano passado em programas de rádio e TV seculares. Para não dizer que isso é coisa de momento. o mesmo acontece com as música do Roberto Carlos, “Luz Divina” e “Jesus Cristo”, que quebrantam corações de muito marmanjo por aí . Olha só um exemplo prático: uma pessoa da minha família, que é esotérica (pelo menos o perfil dela na internet denuncia isso), ao saber que o blog LR era meu, entrou em contato comigo via MSN para me agradecer e dizer que fica ouvindo os fundos de oração para meditar.

 

GU:
Qual é o segredo do sucesso do seu blog na Rede Guardiões da Fé e até mesmo na blogosfera?

 

CH:
Se existe algum, creio que seja pela utilidade dele na obra de Deus. São mensagens diárias que recebo de pastores, obreiros, membros e tecladistas agradecendo pelo conteúdo postado no LR. E mesmo sendo direcionado a um público bem específico, o blog tem crescido no número de visitas a cada mês.

 

GU:
O que podemos esperar em 2010? (do Louvores do Reino)

 

CH:
Espero ter muito mais novidades dos nossos tecladistas para postar nesse ano de 2010. Aumentar ainda mais o nosso acervo de músicas (atualmente com quase 1000 músicas e 160 fundos de oração). E estou viabilizando a criação de um podcast para os usuários do iTunes, com entrevistas, debates, novidades, tira-dúvidas e outras coisas mais relacionadas ao tema do blog, preparando-o para o seu 1º aniversário.

 

GU:
Fale-nos da sua participação na Rede Guardiões da fé?

 

CH:
Trabalho na sua divulgação pois a considero um celeiro de blogueiros da qual tenho orgulho de ter sido nela gerado para a blogosfera. Gostaria de participar mais ativamente, mas o fuso horário às vezes me atrapalha e acabo perdendo muita coisa na hora em que elas acontecem no Brasil. E na internet as coisas são muito instantâneas…

 

GU:
Recomende 3 blogs desta mesma Rede, com exceção do blog Giro Universal.

 

CH:

 

GU: Porquê esses 3 blogs?

CH: Os três possuem ótimos textos de seus autores, que mostram como a IURD é para todos. Já aproveitei muitos deles na minha igreja. Estes blogs são verdadeiros baús de artigos interessantes e de registros da história iurdiana.

GU: Que pergunta gostaria que lhe fosse feita? E porquê?

CH:
“Muitos blogs e sites acabam virando “sucata virtual”, abandonados, desatualizados e enferrujados. O que leva você a crer que com o Louvores do Reino vai ser diferente?” Acho uma pergunta pertinente, pois muitos querem usar seus blogs para se auto-promover e não promoverem seus conteúdos. E quando vêem que para isso exige-se empenho e gosto pelo que faz, na primeira dificuldade deixam de lado uma poderosa ferramenta que poderia ajudar alguém ou até mesmo salvar almas do inferno.

 

“Convém que Ele cresça e que eu diminua.”
João 3.30

Um abraço a todos e que Deus os abençoe!

 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios
  1. alex monteiro
    Outubro 31, 2013 às 4:13am

    Senhor me leva pra perto de você. Quero está no Paraiso junto a ti senhor

  2. Fernanda M
    Dezembro 29, 2011 às 12:11pm

    Muito bacana…que trabalho ai no japão venha crescer a cada dia mais…almas venha ser ganha para Senhor Jesus…

    Fernanda

  3. Danilo
    Março 26, 2010 às 3:10pm

    Oii meu Amigo clyaton, excelente entrevista, muito show..

  4. Elizangela
    Março 19, 2010 às 3:20pm

    Muito bacana saber um pouco mais sobre a obra de Deus no Japão..

    Que Deus abençoe!

  5. Fevereiro 26, 2010 às 3:48pm

    Muito legal, amei saber um pouco mais de você e a luta aí no Japão. E as perguntas são muito bem elaboradas!!
    Abraço

    • Fevereiro 28, 2010 às 9:07am

      Pois é Lucia. Levei 1 mês pra responder rsrs… Mas o J.Cabral é paciente. Obrigado por indicar a entrevista no seu blog. Eu não gostei muito na verdade. Muito longa as respostas.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: