Início > Curiosidades > Seja sábio nas suas respostas- parte2

Seja sábio nas suas respostas- parte2


Um garoto, na sala de aula, cantarolava o cântico espiritual “Não há Deus Maior”, nisso, entrou o professor, sem que ele o percebesse. Ateu de carteirinha, o homem parou por um instante enquanto analisava o conteúdo daquela canção, e então interrompeu o menino, perguntando-lhe:

 

Você crê realmente que Deus fez todas as coisas?

O aluno arregalou os olhos, e meio que assustado, respondeu com um simples gesto da cabeça que SIM… Então o professor replicou:

 

Se Deus fez realmente tudo, como diz essa canção, então Ele também fez o MAL..

O estudante, pego de surpresa, não tendo uma resposta pronta, abaixou sua cabeça, e evitou entrar em polêmica. O professor então se vangloriou de sua tese, e de ter conseguido provar que a fé é um mito… Todavia, um outro aluno se levantou, e educadamente, pediu a palavra. Tendo sido autorizado pelo mestre, solicitou a permissão de lhe fazer algumas perguntas… O professor, se sentindo superior e convicto de si, comentou:

Sem dúvidas, faça as suas perguntas, estou pronto para respondê-las todas.

O frio existe? Quis saber o aluno.

 

Que pergunta é essa?! Claro que o frio existe… por acaso você nunca sentiu?

 

Pois eu lhe digo, professor, que o frio não existe… o frio na verdade, é a ausência do calor… só o calor é que pode produzir energia nos corpos para serem estudados… onde há falta total de calor gera-se o zero absoluto, e nesse caso, foi criado o termo “frio”, para descrever essa falta de calor…. Outra pergunta: A escuridão existe?

 

Meu jovem, você vai querer me provar que a escuridão também não existe? Você está de brincadeira comigo…

Pois eu lhe asseguro que ela não existe…ela é simplesmente a falta de luz. Estuda-se a luz, mas a escuridão NÃO. Escuridão na verdade é um termo criado para descrever quando há a falta de luz…Agora a última pergunta, professor: O Mal existe?

Essa ai eu nem preciso responder… basta ver os roubos, assassinatos, estupros, os vícios… aliás, essa é que eu quero que você me prove que não existe…

Pois eu lhe garanto que o mal não existe por si só. O mal é simplesmente a falta de Deus no coração das pessoas. É este é mais um termo criado para descrever a ausência do Criador nas atitudes das criaturas Não foi Deus quem criou o mal. O mal é como o frio e como a escuridão, que se apresentam na falta do calor e na falta da luz…

Diante desses esclarecimentos, o professor silenciou-se, e não tendo uma resposta pronta, abaixou sua cabeça e evitou entrar em polêmica….

Girouniversal

Posts relacionados

Advertisements
Categorias:Curiosidades Etiquetas:,
  1. THEKARLAMARIA
    Janeiro 25, 2010 às 11:31am

    Nossa,quanta polêmica!!!…Existem só dois caminhos;E a bíblia mesmo compara o caminho de Deus com Luz,enquanto que o outro é trevas e escuridão eterna…nada a ver com fenômenos físicos,por que é espiritual!O homem pegou a triste mania de querer ser juiz de Deus!(Sem saber que com isso traz o juízo sobre sua própria cabeça!)”FELIZ É A NAÇÃO CUJO DEUS É O SENHOR!!!”Faça o favor a você mesmo e leia Deuteronômio capítulo 28:BENÇÃOS DA OBEDIÊNCIA E OS CASTIGOS DA DESOBEDIÊNCIA,e reflita por si só o motivo de todas as desgraças que estão acontecendo,e das que estão por vir…Deus deu uma coisa triste ao ser humano chamada livre-arbítrio,então a escolha é pessoal e intransferível,assim como também as consequencias…ou você serve a Deus ou não serve!Sei que não vão te faltar argumentos,porque você é incansável na busca deles…e é instruído também,mas instrução e sabedoria tem diferenças fundamentais!Quando você entender a diferença vai querer parar de bancar o “advogado do diabo” e então você verá que encontrou o “PAI DAS LUZES”.Ah!…E antes que me esqueça,Deus não pratica o mal…mas Ele permite,visto que o homem com suas escolhas e desobediência,assinou o contrato e autorizou as trevas agirem em sua vida!!!…Espero sinceramente que Deus te ilumine,e você possa encontrar a Luz para sua mente e sua alma…

  2. Sílvio
    Janeiro 15, 2010 às 9:30am

    Se Ele salvasse as crianças onde elas viveriam,com quem morariam?Já que seus pais estariam mortos.Mas nem todas as crianças morreram e nem todos os adultos, boa parte deles(tanto em Israel quanto em Judá) foram levados em cativeiro(mas aí você me diz qual é melhor morrer e ir pro céu,viver e ser escravo,ou viver,sem os pais,num deserto?),Ele poderia ter poupado as crianças mas,o que seria delas depois?Pense nisso.Aguardo o próximo comentário e que Deus te abençoe.

  3. Anjo_Z
    Janeiro 14, 2010 às 11:49pm

    Imagino aqueles infantes, brincando como sempre brincam as crianças (mesmo depois de tragedias), e depois morrendo sem nem saber o motivo…

    Ele podia ter salvo as crianças pelo menos…
    “Os pais não serão mortos em lugar dos filhos, nem os filhos, em lugar dos pais; cada qual será morto pelo seu pecado” (Dt. 24.16)

    Abraços,
    Anjo_Z

  4. Sílvio
    Janeiro 14, 2010 às 2:31pm

    Respondendo porque não gosto muito da Bíblia traduzida por Young é que ela traz tudo de forma literal do hebraico,ele coloca o presente onde é passado(ele buscou se aproximar do hebraico só que o que era presente pra eles hoje é passado),e têm o problema com a tradução de “olam”(hebraico) e “aion”(grego) que significam eternidade e Young traduz como “idade” ou “idade durante” ,se fosse assim o inferno seria só por um tempo?Mas o inferno é eterno.Espero que você tenha entendido o que eu quis comentar aqui e pra mim a melhor tradução da Bíblia é a ARC(Almeida Revista e Corrigida da SBB),Deus te abençoe.

  5. Sílvio
    Janeiro 14, 2010 às 1:15am

    Agradeço os abraços,e o livro de Isaías descreve a queda de Israel(10 tribos do norte) e a queda de Judá(2 tribos do Sul).Têm muitos trechos duros e difíceis para nós de entender mas,o povo de Israel e de Judá estavam debaixo da lei de Moisés(conjunto de mais de 600 leis entregues por Deus a Moisés no deserto) e uma das leis(está até nos 10 mandamentos) era que eles não deveriam adorar a outros deuses,só que não foi o que aconteceu desde a época dos juízes(depois da morte de Josué)que o povo de Israel estava se curvando a outros deuses;adoravam falsos deuses,perdiam a proteção de Deus e acabavam escravizados,pediam perdão e Deus os ajudava,os libertava,logo depois voltam novamente ao erro; em ~= 800 a.C. os hebreus se dividiram em Israel(norte) e Judá(sul);os reis do norte eram praticamente todos idolatras e pagãos(situação que acontecia também no povo) já os judeus(sul) alternaram bons e maus reis(só que o povo era idolatra),resumindo o livro de Isaías é um livro de avisos tanto para os judeus como para os israelitas só que nem um dos povos prestou atenção,nenhum dos povos mudou a sua atitude e como o salário do pecado é a morte(Romanos 6.23),depois de séculos de idolatria, de avisos de Deus sobre seu castigo nem um dos povos mudou de ideia e se arrependeu,e como estavam debaixo da lei de Moisés receberam a punição da lei nesses casos(idolatria,prostituição,desobediência e por aí vai) muitos deles morreram?Sim mas,por sua rebeldia porque a rebelião é como o pecado da feitiçaria( 1 Samuel 15.23).Deus os chamou para o arrependimento mas,eles recusaram e o resultado foi lamentável(Samaria,capital de Israel,caiu após três anos de cerco em ~= 700 a.C.,Jerusalém,capital de Judá,caiu após um ano de cerco em ~= 550 a.C.).Deus poderia ter evitado tudo isso?Sim(Ele o fez várias vezes,uma das minhas vezes preferidas e a de 2 Crônicas 32).Mas porque Ele não evitou?Porque o povo havia pecado,e mesmo com muitos avisos não se converteu,e estava na lei de Moisés,dada por Deus,que os que cometessem os pecados que israelitas e judeus cometeram seriam mortos,Deus deu chance ao arrependimento,mas como eles não se arrependerem o mal veio sobre eles;Deus permitiu que assírios e babilônicos dominassem israelitas e judeus por causa da sua rebeldia,se estava na lei dada por Deus no deserto,israelitas e judeus sabiam disso,Deus se faria mentiroso não cumprindo Ele sua própria lei?Não.Mas não estamos mas debaixo da lei de Moisés(Recomendo que você leia todo o capítulo 6 de Romanos e reflita sobre o que leu) estamos debaixo da graça,dom gratuito de Deus,(1 João 1.9:”Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” ),estamos debaixo da graça,não da lei de Moisés,Deus nos ama de tal maneira que enviou seu Filho único pra nos salvar(João 3.16),ele não quer que pereçamos mas,se não lhe damos ouvidos como podemos querer que Deus venha nos guardar,nos guiar e nos ensinar.Quanto a possível adulteração de livros dos livros que compõe a Bíblia,durante a Idade Média ela provavelmente ocorreu,por isso que a Bíblia dos evangélicos é diferente da dos católicos(a Bíblia evangélica não contém os livros apócrifos,que entre outras coisas contêm:oração pelos mortos,praticas de feitiçaria,erros históricos,prostituição,adoração e salvação por meio da sabedoria,os fins justificam os meios,e entre outras coisa que justificam alguns dogmas católicos);já no caso específico do livro de Isaías ele não foi alterado(pergaminhos que contém partes de todos os livros do antigo testamento,menos o de Ester,já foram encontrados)por isso o livro de Isaías é autentico Deus tinha o poder para não deixar os judeus e os israelitas serem destruídos mas ,por causa da desobediência deles ,Ele não agiu ao favor deles.Ma não estamos debaixo da mesma lei que eles estavam,estamos debaixo da Graça,o favor imerecido.Não acredito estar falando com um leigo,talvez até um ex-cristão,então confira as passagens que eu lhe passei e reflita sobre isso.Só um aviso o link que você postou não está mais funcionando(se não me engano foi removido pelo Google),que Deus te abençoe,aguardo sua resposta.

  6. Sílvio
    Janeiro 12, 2010 às 9:01pm

    Respondendo ao Anjo_Z as trevas e a luz citadas em Isaías são respectivamente:noite e dia,quando Deus estava criando a Terra fez a separação entre Luz(Dia) e Trevas(noite) isso está em Gênesis 1.3 ao 5,quanto a paz e ao mal referidas em Isaías 45.7 -> Paz:Deus nos dá paz e segurança quando estamos com ele,quando fazemos a sua vontade,no caso do povo de Israel Deus os protegia e os livrava de todos os perigos; -> Mal :O livro de Isaías é um alerta ao povo de israel e aos judeus do que vai acontecer no futuro,por terem se desviado do Senhor e terem servido a outros deuses,Deus não os protegeria,mesmo com os avisos de Isaías(e de outros profetas como Jeremias) os hebreus continuaram nos seus erros e Deus não os pode proteger então o mal veio sobre eles:Os Israelitas foram conquistados ~=700 a.C. pelos assírios já os judeus em ~= 550 a.C. pelos babilônicos.Todo o pecado têm suas consequências e a consequência de séculos de idolatria foram anos de cativeiro em terras estrangeiras(ou seja o mal se abateu sobre eles) é desse mal que Deus está falando por sua desobediência o mal chegou até eles,e a versão de Young é sem cabimento(novamente não quero ofender os que nela acreditam),espero que você reflita no assunto e que Deus te abençoe e espero que você tenha entendido o que quis mostrar com esse comentário,aguardo seu próximo comentário.

    • Anjo_Z
      Janeiro 13, 2010 às 10:21pm

      Sílvio :
      a versão de Young é sem cabimento(novamente não quero ofender os que nela acreditam)

      A sua versão, Sílvio, é que é sem cabimento, se você não argumenta o motivo da versão de Young(vale uma lida para quem não conhece em http://en.wikipedia.org/wiki/Young%27s_Literal_Translation) ser sem cabimento.

      E sim, o Senhor faz/permite o Mal e pode ser bem cruel. Quer mais um argumento?
      Isaias 13… A minha passagem favorita? Versiculo 16:
      “Seus filhinhos serão massacrados diante de seus olhos, suas casas serão saqueadas, e suas mulheres, violadas.”
      Versão de Young:
      “And their sucklings are dashed to pieces before their eyes, Spoiled are their houses, and their wives lain with”

      O cara é DEUS! Ele não precisava deixar isso acontecer, poderia fazer com magica o exercito “apenas” matar, não precisava fazer isso com as crianças e mulheres.

      Pra mim, esta passagem foi obviamente editada por alguem. E se esta passagem foi editada por alguem, nada garante que outros trechos estão intactos…

      Abraços,
      Anjo_Z

  7. Anjo_Z
    Janeiro 12, 2010 às 3:20pm

    Ola 🙂
    Vale lembrar tambem que:
    “Eu formo a luz e crio as trevas; eu faço a paz e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas essas coisas.” Isaías 45:7

    Eu prefiro a versão de Young:
    “Forming light, and preparing darkness, Making peace, and preparing evil, I [am] Jehovah, doing all these things”

  8. Sílvio
    Janeiro 11, 2010 às 3:38am

    Gostei do Texto,quando a pessoa não está com Deus,Deus não age nessa pessoa(“Eis que estou à porta e bato,se alguém abrir eu entrarei e cearei com ele),que porta é essa que Jesus está batendo?É a porta do coração se ninguém abrir Ele não entra(Deus não obriga ninguém a ser como ele quer,ele nos dá o livre arbítrio);agora uma pessoa que não abre à porta é uma pessoa sem Deus(óbvio),agora aí está o outro lado o diabo não bate ele arromba pois ele é ladrão e salteador(João 10.10);então se uma pessoa está sem Deus está sujeita as ações do diabo por isso é que o mundo têm tantos problemas por que sem Deus o diabo fica livre para agir nas pessoas,aí vemos mortes,estupros,abusos,assassinatos,roubos,mentiras,adultério…Se não abrirmos verdadeiramente o coração para Deus então ele não entra(abrir o coração não é estar na Igreja mas,sim obedecer verdadeiramente a Deus),quando o homem pecou e foi expulso do paraíso sua natureza e tornou má(se alguém da um chute em você seu primeiro ato é querer devolver,e por aí vai) e com a “ajuda” do diabo os homens s tornam ainda mais egoístas e maus,pensando ó em si por isso vemos tanta miséria no mundo.Jesus está batendo deixe ele entrar e tire do seu coração todo o mal.

  9. Anjo_Z
    Janeiro 8, 2010 às 7:01pm

    Ola,
    O texto é muito bom, eu mesmo ja cheguei a argumentar usando estes exemplos a alguns anos atras.

    Porem, a argumentação é furada 🙂

    Luz e Escuridão são fenomenos físicos. A luz pode ser medida, e quando chega a zero em um ambiente, podemos chamar de escuridão. A mesma coisa com o calor (podemos medir em Celsius, or exemplo) e chegar ao zero absoluto.

    Agora, Bem e Mal são conceitos humanos muito falhos. Os missionário espalhando gripe e sarampo para as populações indigenas estavam fazendo o Bem? Deus matando as criancinhas e recem-nascidos em Sodoma e Gomorra e no dilúvio, entre outros episódios, estaria Ele fazendo o Bem?

    Amarrar a existencia de Respeito ao Proximo à crença em algum Deus é limitar a capacidade do Homem de viver em Sociedade apenas por viver…

    Ou você quer dizer que, sem Deus, VOCÊ sairia matando, estuprando e assassinando?

    Claro que não, espero…

    até outro dia,
    Anjo_Z

  10. Anna
    Janeiro 8, 2010 às 4:29pm

    Que comparação hein?
    Por que as pessoas adoram comparar “deus” com fenômenos naturais?
    Deus é e sempre será apenas um fenômeno na cabeça de pessoas esquizofrênicas. Isso não é preconceito não, mas quem conversa com alguém que não existe é chamado do quê?

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: